25/05/17

Nagual de Diniz Conefrey | Quarto de Jade 2017


Nagual é a mais recente narrativa gráfica de Diniz Conefrey. Publicada pela Quarto de Jade, a preto e branco, é baseada nas pinturas murais da cidade arqueológica de Teotihuacan, no México central. Este livro está dividido em seis capítulos: Árvore-canção, O segredo, Serpente emplumada, A procissão dos jaguares, O umbigo da terra e Zacuala, e tem como origem um fluxo musical, erguendo-se através das imagens remotas de uma cultura-autor, expressão de uma natureza colectiva. Por isso a sua assinatura pretende ser impessoal.

Nagual, Diniz Conefrey, 136 págs., p/b, capa dura, 25 x 19 cm, €21,00, Quarto de Jade, Maio 2017

Árvore-canção
O segredo
Serpente emplumada
A procissão dos jaguares
O umbigo da terra
Zacuala


0 comentários:

Enviar um comentário

Maximum Rocknroll #413 Out. 2017


Disponível na Black Mamba Distro €4.50
"It’s time for Maximum Rocknroll #413, the October 2017 issue! Do you love KLEENEX/LILIPUT as much as we do? Then you will love the scoop that we have on NEON and their involvement in the early Swiss punk scene. We also speak to Rome’s NOFU on the eve of their first US tour, while LOS IMPUESTOS tell us about the struggles of discovering new music and being a punk in their native Guatemala. Interested in the history of squatting? So is Amy Starecheski, the author of Ours to Lose: When Squatters Became Homeowners in New York City, who spills about an incredibly unique moment in US squatting history. In a dual interview, filmmakers Monika Estrella Negra and Michelle Garza Cervera about combating the dominance of straight white male voices in cinema."